• É ele



    Durante muito tempo, eu passei meses sofrendo por um amor que nunca foi correspondido da forma que eu esperava que fosse. Na minha cabeça, só esse amor atormentado seria capaz de preencher o meu vazio e me ajudar a crescer pessoalmente e emocionalmente, só que como sempre eu estava enganado. O lado bom de sofrer por isso é que nosso coração fica vulnerável ao ponto de se reapaixonar por qualquer tipo de carinho que receber posteriormente a dor e foi isso que aconteceu.

    Em meio à uma dessas minhas crises por aquele amor não correspondido que sempre foi narrado aqui no blog, ele apareceu. Confesso que desde sempre eu ouvi falarem sobre ele, achava até que eu já o conhecia, só que mais uma vez eu estava enganado. Mesmo frequentando a casa dele pelo menos uma vez na semana, eu não me sentia bem lá, achava que ele olhava pra mim com um olhar de julgamento, como se me rejeitasse pelas coisas que eu fazia fora dali. Era como se eu me sentisse inseguro e despreparado para amar de novo, afinal, e se ele não me correspondesse também?

    O tempo passou, fomos nos aproximando e cada vez mais eu sabia que ele me amava. Diversas vezes até o pedi perdão por pensar que ele me julgava, já que ele olhava para o meu coração e não para as minhas atitudes. No entanto, mesmo tendo ele me amando incondicionalmente em tempo integral, eu ainda ficava muito mal por aquele amor não correspondido, só que ele é tão cuidadoso que me preparou dia após dia até o dia em que olhou nos meus olhos enquanto sangrava e disse que me amava e que tudo aquilo que ele passou tinha sido por mim.

    Fim. The end. Adiós. A dor daquele amor não correspondido passou. É ele. É ele o meu crush. É ele o amor da minha vida. É ele que vai estar do meu lado em todos os momentos da minha vida, seja de tristeza ou de alegria. É ele que faz os meus medos desaparecerem. É com ele que eu posso desabafar as coisas que não consigo contar pra ninguém. É ele que me ajuda a ser uma pessoa melhor todos os dias. É ele que me mostrou o que é amor de verdade. É ele que me pega no colo para me acalmar em seu peito. Posso até não vê-lo sempre, mas eu o sinto e sei que sempre que ele puder vai dar um jeito de me encontrar através das situações e pessoas mais improváveis.

    Você que está de fora pode até achar que esse amor alguma hora vai acabar, já que não tenho nada grande o suficiente para dar em troca, sem contar que muitas vezes eu dou motivos para ele desistir de mim, só que eu te afirmo que não. Esse amor não vai acabar e ele nunca vai desistir de mim por que ele recebe o meu nada com um sorriso no rosto, por que ele me escolheu para ser um de seus eleitos, por que ele quer que eu fique do lado dele mesmo com todas as minhas imperfeições. A minha essência já tem o cheiro dele e o meu coração já tem o nome dele tatuado, estamos conectados um ao outro e o que Deus uniu meu bem, só ele separa - e ele nunca vai querer me separar de seu filho.