• Diga alguma coisa




    Diga alguma coisa por que, cara, eu estou desistindo de você. Sério, cadê aquele ser humano incrível que dizia mover céus e terras só para ver um sorriso estampado em meus lábios? Morreu? E aquele ser humano que sempre cantarolava — mesmo que desafinado — as minhas música favoritas junto comigo? Ficou mudo? As coisas tomaram um rumo diferente, eu sei, e eu lamento por você viver de um jeito parcialmente monótono e não conseguir acompanhar esse meu universo paralelo que se renova a cada minuto.

    Sabe, acho que há um tempo atrás eu abriria mão de muitas coisas só pra poder ver seus olhos castanhos brilharem bem na minha frente mais uma vez, pra poder ouvir aquela sua voz rouca por natureza dizendo que me ama depois de me dar um abraço daquele que só você sabe dar, e, claramente, abriria mão de muitas outras coisas só para saber se você ainda é ou se pelo menos algum dia foi meu.

    Que você me desculpe por usar o palavrão que tanto odeias, mas caralho, mesmo que eu não demonstre mais nada, eu preciso que me diga alguma coisa, não importa o que seja. Diga que me quer, que quer fazer o impossível para darmos certo, que quer ter um futuro duradouro ao meu lado, ou então, vá pelo caminho mais fácil e diga que me quer fora da sua vida, que nunca mais quer me ver, mas por favor, diga alguma coisa, e se for dizer, diga logo, por que eu definitivamente estou desistindo de você.

    E se eu desistir, juro que pelo menos dessa vez não terá volta, mesmo que você ache que só estou dizendo isso da boca pra fora pela milésima vez, afinal, qual o sentido de ficar paradão no tempo enquanto espero por alguém que permanece preso em um casulo de concreto sem mover um mísero dedo se quer pra transformar a nossa relação em algo melhor para ambos, tipo daquele romance mela-cueca que que demoramos dois meses para terminar por que só aceitávamos ler juntos, hein? Qual o sentido?

    Ultimamente eu tenho me sentindo tão pequeno perto de você e tudo isso que vivemos ainda é um pouco demais pra mim. Me fizestes tropeçar e cair, tudo porque você ainda estava aprendendo a amar, mas nem por isso posso permitir que suas mãos esmaguem o meu coração como se fôssemos personagens daquela série que mandei você assistir e você achou chata, então eu te peço, peço não, eu te imploro DIGA ALGUMA COISA por que eu estou desistindo de você — e isso tá sendo difícil pra ca...raca(?)